quinta-feira, 7 de abril de 2016

Ela é o fogo que arde sem chama

Esta havia de ter sido publicada há já algum tempo, mas como se costuma dizer "mais vale tarde do que nunca" ou também "os últimos são os primeiros" ou ainda qualquer outra desculpa que me possa surgir! Tenho de agradecer, desde já, à sempre bem disposta C. que me aturou, neste dia nem tão frio quanto isso, para a primeira sessão de 2016! Acho que, para começar a aquecer, não está nada mau. Vou deixar-vos aqui com umas poucas e pequenas amostras, para que se aventurem a explorar a galeria toda mais abaixo.


Esta bela menina, que já faz parte dos meus círculos desde há mais do que há memória — ou talvez nem tanto assim, mas tempo o suficiente — entra assim para a minha pequena galeria de pessoas fantásticas que adoro captar aqui e ali. A verdade é que não me arrependo nada de ter deixado esta sessão a marinar durante tanto tempo. Agora, olhei para ela com outros olhos e editei-a de uma maneira bastante diferente da linha que tenho seguido até então. Espero que gostem das mudanças!