domingo, 8 de novembro de 2015

Por entre as árvores que conhecemos pelo nome

Já devem estar bem acostumados às minhas modelos mais recorrentes, nomeadamente a A. I. que já surgiu por aqui, aqui, aqui e aqui. Com tanta paciência para me aturar, não fui capaz de lhe negar uma sessão à irmã. Como é óbvio, não me arrependi! Acho que conseguimos capturar momentos muito bons. Estas meninas preparam toda uma produção que eu não seria capaz sozinho. Sinto-me cheio de sorte pela oportunidade de trabalhar com elas. Não deixo de poder salientar que a A. I. é tem um excelente trabalho não só como modelo, mas também como assistente.
Com a vida por Lisboa, não é tão frequente voltar às origens, mas sempre que se pode é de aproveitar. Para mim, poder passar uma tarde a fotografar gente assim é das melhores coisas que posso ter à espera no regresso a Viseu. Sinto pena por não ir lá mais e ter a oportunidade de capturar as fantásticas pessoas daquela minha terra. Ficam estes pequenos momentos, por entre os lugares que me envolveram enquanto pessoa me construí. Este, o Parque do Fontelo, é um deles. Espero que gostem e podem espreitar os resultados todos aqui.