domingo, 20 de outubro de 2013

Auto-retratos expirados

Ontem, quis revelar um rolo que capturei durante a semana passada no Porto. Contudo, prefiro revelar 2 ao mesmo tempo, para poupar tempo. Assim, resolvi desperdiçar um rolo inteiro em auto-retratos. Pensei que seria um bom exercício de criatividade, tentar descobrir de quantas maneiras subtilmente diferentes me conseguia capturar.
Descobri algo com este processo: detesto filme expirado. Sim, é verdade. Sei que há muita gente que adora usar filme fora de prazo - eu não faço parte desse grupo. Como havia expirado apenas há 5 anos, pensei que ainda estaria razoavelmente bom. Esqueci-me que filme mais sensível perde a capacidade mais rápido. Resultado final: todas as fotografias saíram extremamente subexpostas, apesar de eu ter feito um push durante o processo de revelação. Deixo aqui as fotografias, para poderem ver do que estou a falar.